“Sua garagem tem espaço para tantos cavalos?”. É com este slogan que a Ford começa a anunciar o Mustang no Brasil. Após diversas tentativas frustradas, finalmente o pony car da marca do oval azul vai desembarcar em terras tupiniquins.

Apresentado nos EUA no começo deste ano, o Mustang 2018 chega reestilizado e com novo câmbio automático de 10 marchas. Por dentro, recebeu mudanças no acabamento e cluster digital com tela TFT de 12″ que oferece diversas visualizações para escolher. Para o Brasil, o cupê norte-americano virá somente na versão topo de linha GT equipada com motor 5.0 V8 de 466 cv, agora com injeção direta e taxa de compressão elevada. De acordo com a Ford, o modelo será capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em cerca de 4 segundos.

Ainda na parte mecânica, o Mustang 2018 traz novas juntas de suspensão, barra estabilizadora e amortecedores. Como opcional, a Ford passará a oferecer amortecedores magnéticos, que ajustam a rigidez de acordo com o modo de condução. A aerodinâmica também recebeu atenção especial, incluindo grade ativa que só abre quando necessário. Outras novidades ficam por conta dos 3 modos de condução, que incluem até mesmo um ronco mais borbulhante no modo track (pista).

Na parte de tecnologia, o Mustang 2018 adotou a central multimídia Sync 3 e os sistemas de segurança dos Fords mais caros, como frenagem automática de emergência na cidade, piloto automático adaptativo e alerta de saída de faixa, entre outros recursos. Resta saber quais os pacotes de equipamentos que a filial brasileira vai oferecer em nosso mercado. O preço deverá ficar em torno dos R$ 300 mil, com as primeiras entregas previstas para janeiro.