Compacto tem carrocerias hatch e sedã, lista recheada de itens e motor 1.5 de 113 cv; preços ficam entre R$ 38.990 e R$ 41.990

↓ 

Por Giu Brandão

A Chery apresentou o novo Celer, o primeiro chinês produzido no Brasil. O modelo chega às lojas nas configurações hatch e sedã, com preços entre R$ 38.990 e R$ 41.990. A linha 2016 traz importantes mudanças em relação ao modelo que era importado da China desde 2013. O novo Celer aposta na lista farta de equipamentos para vingar no acirrado mercado dos modelos compactos.

CHERY-NOVO-CELER-06

Importado da China desde 2013, o Celer nacional ficou mais bonito com novos para-choques, grade frontal e faróis redesenhados. A nova geração também traz mudanças na traseira, com lanternas em LED e um vinco em forma de arco que atravessa a tampa do porta-malas.

CHERY-NOVO-CELER-10

Por dentro, o painel do carro foi totalmente novo. O volante tem três raios e o painel de instrumento ganhou molduras hexagonais. No centro do painel de controles, o sistema de som agrega rádio, CD, MP3 e entrada USB. Logo abaixo aparece o botão de abertura do porta-malas.

CHERY-NOVO-CELER-30

O acabamento conta com maçanetas cromadas e 18 porta-objetos para os ocupantes dianteiros e traseiros. 

CHERY-NOVO-CELER-28

Como manda a fórmula de carros chineses, o Celer vem completo de fábrica. Traz de série ar-condicionado, direção hidráulica, computador de bordo, retrovisores elétricos, vidros e travas elétricas nas quatro portas, sensor de estacionamento traseiro e os obrigatórios duplo airbag e freios ABS com EBD.

CHERY-NOVO-CELER-29

A linha 2016 estreia a versão Act, que conta com faróis de neblina, alarme, sistema de áudio com CD Player e MP3, entradas auxiliares e 6 alto-falantes, além de rodas de liga leve aro 15 e faróis com ajuste elétrico de altura.

Há ainda uma central multimídia com GPS, TV e DVD, como opcional por R$ 1.800.

CHERY-NOVO-CELER-34

O Celer é mais um modelo do segmento de entrada que ainda insiste em não oferecer encosto de cabeça para o passageiro central traseiro.

CHERY-NOVO-CELER-20

O Celer brasileiro tem 2,52 m de entre-eixos – o que permite levar sem aperto cinco ocupantes. O porta-malas tem capacidade de 380 litros no hatch e 450 litros no sedã. No sedã, a tampa do porta-malas tem a abertura “open up” com elevação da tampa do porta-malas e do vidro traseiro. Um detalhe que facilita o acesso.

CHERY-NOVO-CELER-36

Ambas as configurações vem equipadas com motor 1.5 flex 16V, produzido no Brasil, que desenvolve 113 cv de potência (etanol) e 15,5 kgfm de torque. O bloco trabalha em parceria com a transmissão manual de 5 marchas e desenvolve velocidade máxima de 175 km/h. 

CHERY-NOVO-CELER-21

Nesta geração, a suspensão do modelo (McPherson dianteira, semi-independente com braço longitudinal traseira) foi recalibrada e elevada em 10 mm para enfrentar melhor as ruas esburacadas do País.

CHERY-NOVO-CELER-05

De acordo com a Chery, o Celer vai competir com Renault Sandero e Volkswagen Fox, entre outros.

O Celer é o primeiro carro a sair da recém-inaugurada fábrica da Chery em Jacareí (SP), que teve investimentos de US$ 530 milhões.

CHERY-NOVO-CELER-2

O modelo tem 3 anos de garantia e está disponível em 5 opções de cores: branco, preto, prata, cinza e vermelha.

Após ter uma alta de 18% nas vendas ano passado, a Chery espera vender 10 mil unidades do Celer em 2015.

CHERY-NOVO-CELER-04a

Ainda este ano, a fabricante iniciará a produção nacional do New QQ. No ano que vem será a vez do Tiggo 5 se vestir de verde e amarelo.

 CHERY-NOVO-CELER-33

Preços e versões:

 Celer hatch: R$ 38.990

Celer hatch (versão Act): R$ 40.990

Celer sedã: R$ 39.990

Celer sedã (versão Act): R$ 41.990

 ↓

Galeria de fotos – divulgação