Versão turbo do motor 1.3 Firefly chega em 2020 com cerca de 160 cv e 23,5 kgfm de torque

O Fiat Cronos será lançado no próximo dia 20 de fevereiro, nas versões 1.3 e 1.8. Mas o futuro do modelo já está em testes na fábrica de Betim (MG): é lá dentro que roda a inédita configuração com motor 1.3 turbo que vai substituir o atual 1.8. Trata-se de uma unidade da mesma família Firefly do 1.3 aspirado, mas com cabeçote de 4 válvulas por cilindro, injeção direta e turbocompressor. Tivemos acesso a detalhes do desenvolvimento, incluindo dados de potência e torque – tanto em bancada quanto na “vida real”. 

Desenvolvido pela engenharia brasileira em conjunto com o time da Itália, o futuro Firefly 1.3 está montado num Cronos com câmbio automático – o mesmo Aisin atual de 6 marchas, embora com relações e programação específica. Pedidos da engenharia são: potência entre 150 e 160 cv, e torque de 23,5 kgfm. Na bancada de testes, está rendendo mais: até 178 cv e mais de 26 kgfm de torque. Mas não se empolgue, esses valores serão “amansados” por conta da resistência a quebras e também pelo quanto a transmissão automática pode aguentar.

Fiat Cronos Precision AT6

Na comparação com o atual 1.8, a vantagem é nítida. São 139 cv e 18,9 kgfm, sem falar que nos motores turbo o torque máximo surge antes – e fica disponível numa faixa maior de rotações. Além disso, a menor cilindrada (1.3 contra 1.8) e a injeção direta vão ajudar no consumo, enquanto o cabeçote 16V vai colaborar nas altas rotações. Para contribuir na baixa, haverá duplo comando variável tanto na admissão quanto no escape. 

A Fiat acelera o desenvolvimento para 2019, mas, por enquanto, o prazo de lançamento é mesmo 2020. O mais provável é que seja lançado com as versões reestilizadas de Argo e Cronos. Mas não é só isso. A missão do 1.3 Firefly turbo é substituir o 1.8 E-TorQ em todas as suas aplicações, ou seja, deverá equipar também a picape Fiat Toro e o Jeep Renegade. 

Fiat Cronos Precision AT6

 

Fiat Cronos Precision AT6

Falando agora no presente, o Cronos chegará em breve às lojas com preços estimados entre R$ 59 mil e R$ 72 mil (cerca de R$ 4 mil a mais que o Argo), nas versões Drive e Precision. Espaço interno é o mesmo do Argo, mas o porta-malas é de amplos 525 litros. Missão é atacar desde o Chevrolet Prisma até o VW Virtus. Confira em breve a nossa avaliação do modelo!

Fotos: divulgação 

POR: DANIEL MESSEDER,