Versão Adventure, mais completa tem preço sugerido de R$ 75,990 – sem o sistema locker.  Apesar de receber pouquíssima atenção e praticamente nenhuma publicidade por parte da Fiat, a veterana perua Weekend ainda segue dando sinais de vida no portfólio da marca. Prova disso é a recente oferta da linha 2018 do modelo no configurador do site oficial da montadora. Na Página, a Station não apresenta qualquer novidade mecânica ou de estilo e segue sendo oferecida nas versões Attactive e Adventure. O preço inicial sugerido é de R$ 60. 390, mas o pacote de itens de série, curiosamente, não inclui ar-condicionado – equipamento cobrado à parte por R$ 4, 311. Situação semelhante vive o modelo aventureiro, que custa R$ 75, 9990 (com ar-condicionado), mas cobra por fora mais R$ 2.912 para ser equipado com Sistema Locke.

 

De série, o modelo oferece direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas, sistema de som Bluetooth e entrada USB, volante com regulagem de altura e computador de bordo. A lista de opcionais inclui desembaçador com ar quente (R$ 640), o referido ar-condicionado (R$ 4, 311) e o kit Creative, que agrega vidros elétricos traseiros com função “um toque” e antiesmagamento, banco traseiro  bipartido, retrovisores externos elétricos, rodas de liga aro 14” e volante em couro com comandos do rádio (R$ 4.894). Sob o capô, o motor 1.4 de 85/88 cv vem sempre ligado a um câmbio manual de 5 marchas.

 

A versão Adventure por sua vez, sai de fábrica mais completa. Oferece vidros elétricos nas quatro portas, trava elétricas, volante revestido em couro com comandos do rádio e telefone, ar-condicionado, direção hidráulica, roda de liga aro 16” e computador de bordo. O único opcional é o sistema de Locker, ao preço de R$ 2.912. neste casa, o motor é o conhecido 1.8 E.torQ, com potência de 130/132 cv. O câmbio é apenas manual de 5 marchas, já que o automatizado Dualogic deixou de ser oferecido.