Vendido exclusivamente no mercado indiano, o Amaze é a porta de entrada da Honda no mercado de sedãs

Desenvolvida na Índia, a segunda geração do Honda Amaze foi apresentada na edição 2018 do Salão de Nova Déli. Anteriormente derivado do subcompacto Brio, o novo Amaze foi concebido como um modelo independente, o que resultou em um visual mais harmonioso, algo como um mini Honda Civic.

Segunda geração do Honda Amaze tem elementos de Civic, City e WR-V

Na Índia, carros com menos de 4 metros de comprimento têm descontos em impostos. Essa característica peculiar levou ao rápido crescimento do mercado de mini-sedãs derivados de carros subcompactos. Na geração anterior, o Amaze era um tanto desproporcional: tinha traseira curta e alta, já que o Brio, modelo do qual derivava, tem medidas semelhante às de um Fiat Mobi.

Na nova geração, o Amaze adotou linhas mais fluidas e esportivas. A traseira tem vidro com queda mais suave, como nos sedãs maiores, enquanto a dianteira ficou reta e alta como no WR-V. Com faróis retangulares integrados à grade frontal, o Amaze traz semelhanças com o recém-reestilizado City. Especificações mecânicas não foram relevadas pela Honda.

Modelo manteve os 4 m de comprimento

 

Redação / Fotos: Divulgação / Fonte: iCarros